10 Curiosidades sobre a Vagina

10 Curiosidades sobre a Vagina20shares

Você já olhou a sua vagina hoje? Embora metade da população mundial tenha uma entre suas pernas, a sexualidade, especialmente feminina, ainda é vista como tabu em muitas sociedades, há muitos lugares onde é proibido falar sobre ou até mesmo dizer essa palavra. Não é nem um pouco raro conhecer mulheres de todas as idades e classes sociais que nunca tocaram a própria vagina (a não ser para lavá-la).

A vagina é uma parte de corpo com a qual você convive diariamente, mas que com certeza não conhece por completo. Até porque, nós meninas somos ensinadas a não conhecer nosso próprio órgão sexual. São vários detalhes que vão desde os cuidados básicos até a questão da virgindade e do prazer, que não são conversados.

Atualmente, a população de mulheres é de cerca de 3.650 milhões na Terra, o que se traduz em 49,6% da população mundial, por isso é incrível que desconhecemos essa preciosa parte do corpo que é tão importante para nossas vidas. No entanto, nunca é tarde demais para aprender, veja abaixo, algumas informações e curiosidades importantes sobre “ela”.

1. A vagina possui uma substância encontrada nos tubarões 

É o esqualeno, que é um composto orgânico que, além da vagina, também é encontrado no fígado dos tubarões. No entanto, eles têm funções totalmente diferentes, nos tubarões permite flutuar (é mais denso do que a água), enquanto nas mulheres atua como lubrificante. E, embora seja difícil de acreditar, essa substância também é usada para fazer vacinas contra a gripe.

2. Suporta exercícios de alta intensidade

Para aqueles que não sabiam, a musculatura da vagina é extremamente forte. Tanto que ela consegue segurar um pênis dentro sem permitir que ele saia. Esta condição é chamada de Penis Captivus e geralmente acontece durante a relação sexual, felizmente em raras ocasiões. Ao fortalecer os músculos da região pélvica, você terá menos problemas de incontinência e, o melhor de tudo, você conseguirá melhores orgasmos.

3. Ficar sentada por muito tempo, trás efeitos negativos

Não só causa dor nas costas, mas também estar sentada por um longo período de tempo pode causar infecções vaginais. E é nessa posição, que a área genital aumenta sua temperatura e quando combinada com umidade e fricção, cria a situação perfeita para que as bactérias apareçam. Acontece também quando se usa calcinhas extremamente apertadas. 

4. O excesso de higiene tem efeitos contraproducentes

Embora seja difícil de acreditar, excesso de higiene naquela área pode causar infecções e irritação. Este órgão tem a capacidade de se limpar através de suas secreções naturais, razão pela qual você deve evitar o uso de sabões perfumados, géis fortes e anti-sépticos. Além disso, não lave demais, sem negligenciar a higiene. 

5. A roupa interior poderia causar infecções

A seda e o veludo, por exemplo, mantêm muita umidade, o que facilita o surgimento das bactérias. É por isso que recomenda-se não usar nada ou usar tecidos de algodão, pois mantêm a área fresca e seca. Se você é uma das mulheres que gosta de usar lingerie erótica, infelizmente não essas são boas para o cuidado da sua vagina. 

6. Você cheira o que come

Embora não se acredite, tudo que uma mulher come afeta o sabor e o cheiro da vagina. Por exemplo, quando comemos alimentos como cebolas, alho ou espargos, eles fazem com que o órgão cheire desagradável. O mesmo ocorre com álcool, drogas e tabaco. Por outro lado, se você comer frutas, iogurtes e beber muita água, o cheiro e o sabor da vagina serão muito agradáveis.

7. A vagina possui grande flexibilidade

O útero possui a capacidade de esticar até 200% enquanto faz sexo ou dá à luz um bebê, tudo isso graças às suas cristas musculares. No entanto, quando está em seu estado normal, a abertura é extremamente estreita.

8. Você deve evitar a relação sexual depois de ter um bebê

Depois de parir, a vagina precisa voltar ao seu estado natural e se recuperar depois de tanto esforço. É por isso que os médicos recomendam não fazer sexo até 6 semanas após o parto. 

9. O clitóris tem apenas uma função ...

Todos ouvimos falar sobre o clitóris, mas você certamente não sabia que a única função que esse órgão possui é o prazer (o que seria o pênis para o homem, mas com a função de reprodução sexual). 

10. E se isso não bastasse, tem mais terminações nervosas do que um pênis

Para ser sincero, tem o dobro. Embora seja difícil de acreditar, a vagina contém 8 mil terminações nervosas, enquanto o pênis conta com apenas 4.000. O mais surpreendente de tudo é que, quando o clitóris é estimulado, pode chegar até 15.000. Impressionante, você não acha? 

E você, sabia alguma dessas curiosidades sobre a vagina? Comente!

DEJANOS SABEN TU OPINION
TE LO RECOMENDAMOS
TU PUEDE INTERESAR