12 sinais óbvios que seu corpo transmite quando está precisando de um contato mais íntimo

12 sinais óbvios que seu corpo transmite quando está precisando de um contato mais íntimo40shares

Ao falar sobre o desejo sexual, a maioria acredita que só os homens se preocupam com isso, quando na verdade, todos os seres humanos, independente de gênero, precisam de momentos íntimos com outra pessoa, não só porque biologicamente é a maneira pela qual nos reproduzimos; mas o corpo exige que ele funcione corretamente. Você não acha? Tudo bem. Mas você ficaria surpreso ao conhecer a enorme quantidade de estudos científicos que confirmam isso, explicando que existem certas substâncias cuja produção é regulada pela atividade sexual e, se não for feita, levam a diferentes sintomas físicos.

Muitas mulheres ainda encaram o assunto sexo como um tabu. Por isso, muitas delas optam por manter seus desejos sexuais o mais reservado possível, chegando ao ponto de evitar completamente a intimidade com outra pessoa. O que elas não sabem é que isso pode estar causando um problema sério em sua saúde, tanto física como mental. Como? Simples, o seu corpo começará a mostrar certos sinais que revelarão o que elas têm tanto medo de dizer: elas também precisam ter relações sexuais! 

Veja abaixo quais são os 12 sinais mais óbvios que seu corpo transmite quando está necessitado de um contato mais íntimo ... 

1. Unhas e cabelos com menos brilho

Esta é uma das características mais óbvias quando há uma diminuição considerável na atividade sexual de uma mulher. É porque o sexo ajuda o bom funcionamento hormonal do seu corpo e também é uma das melhores fontes de exercício cardiovascular. Quando você parar de fazer isso, você perceberá que seus cabelos e unhas ficarão excessivamente secos, embora seja verdade, você pode minimizar esse efeito com alguma outra atividade física e uma melhor nutrição, mas é muito mais fácil e divertido resolver na cama, você não acha?

2. Insônia

Quando você faz sexo, o corpo libera uma substância chamada oxitocina, que é um sedativo natural do nosso sistema hormonal, conhecido também como o hormônio do amor. Por isso, fica mais difícil adormecer quando se está há muito tempo sem atividade sexual.

DEJANOS SABEN TU OPINION
TE LO RECOMENDAMOS
TU PUEDE INTERESAR