16 Coisas super estranhas que são consideradas normais em outros países

16 Coisas super estranhas que são consideradas normais em outros países0shares

Cada país é único porque tem suas próprias tradições, costumes, leis e características específicas que podem ser estranhas para algumas pessoas. Por exemplo, você sabia que batalhas de laranjas são organizadas na Itália? Ou que a Austrália multa os cidadãos que não se candidatam à eleição? Muito provavelmente não.

A fim de conhecer um pouco mais sobre este mundo misterioso e incrível, decidimos apresentar 16 curiosidades super estranhas que certamente te deixarão de boca aberta. Temos certeza que você vai querer saber um pouco mais sobre outras culturas depois de ler esse artigo ...

Continue lendo para saber mais sobre isso!

Se você não conhecia essas curiosidades, COMPARTILHE-os com seus amigos. Não se esqueça de deixar sua opinião nos COMENTÁRIOS, nós gostaríamos de saber o que você pensa sobre isso.

1. Pessoas na Austrália podem ser multadas se não votarem

Enquanto algumas pessoas não exercem seu direito de voto em outros países, na Austrália todas as pessoas devem votar ou pagar uma multa por não participar de eleições. Embora a multa não seja exorbitante, continua sendo uma sanção. Por exemplo, em 2010, cerca de 6 mil pessoas não votaram na Tasmânia e todas tiveram que pagar uma multa de US $26.

2. Algumas mulheres na Índia se casam com árvores

A razão para essa tradição está na astrologia védica, que acredita que as pessoas nascidas sob a influência de Marte não nasceram para casamentos felizes. Essas pessoas são chamadas de "manglik" e há lugares onde os "magliks" devem se casar, pois acreditam que um manglik é capaz de neutralizar a influência de outro. Infelizmente, em outros locais, este não é o caso, na verdade, acredita-se que as mulheres são perigosas e podem piorar a saúde do marido. Portanto, estas mulheres se casam primeiro com uma árvore para que a "maldição de Marte" seja passada para a árvore. Após esta cerimônia, a árvore é cortada, queimada e, em seguida, a mulher pode se casar com um homem.

3. Na Itália, organizam-se as batalhas de laranjas

Todos os anos, em fevereiro ou início de março, celebra-se na Itália a "Carnevale d'Ivrea", que consiste em uma tradicional batalha de laranjas, na qual as pessoas jogam laranjas umas às outras como se fossem bolas de neve. Segundo os historiadores, esse costume é um símbolo da revolta popular contra o despotismo dos senhores feudais. Surpreendentemente, cerca de 350 toneladas de laranjas são desperdiçadas durante o evento, que está se tornando cada vez mais popular.

4. Nos países de língua espanhola existe um instrumento de educação especial chamado "chancla"

Como todos sabemos, a chancla é um tênis usado por mães na América Latina e na Espanha para disciplinar crianças. Embora alguns países considerem este método abusivo, no México continua a ser uma das armas favoritas dos pais.

5. Há um culto de deusas Kumari no Nepal e é formado apenas por meninas

No Nepal, as pessoas pensam que a deusa hindu Taleju tem uma encarnação terrena nas meninas. De fato, há todo um processo de busca de Kumari, onde as garotas são procuradas como "possuídas" por essa deusa. Os responsáveis por essa busca são os astrólogos e monges, que tentam encontrar os Kumari entre a casta Shakya da comunidade newari. Embora existam várias Kumaris, a mais famosa é a Royal Kumari, que vive em Katmandu.

6. Há um grupo de mulheres lutadoras na Bolívia composta por "cholitas" que vestem roupas coloridas

Juan Mamani foi quem concebeu essa luta entre as mulheres bolivianas. Sua idéia surgiu em 2001, quando a venda de ingressos para as lutas locais diminuiu drasticamente, foi quando ele publicou um anúncio no jornal sobre a abertura de um grupo de luta e, para surpresa de todos, muitas mulheres estavam dispostas a participar. Ao contrário dos lutadores desportivos, estas mulheres lutam com trajes tradicionais.

7. Em Israel, as pessoas constroem habitações temporárias que só ocuparão durante a celebração de Sucot

Estas casas são chamadas "sukkahs" e geralmente são construídas em pátios ou varandas. Essas instalações lembram as peregrinações dos judeus no deserto do Sinai e são consideradas um dever sagrado. Na verdade, as pessoas devem passar o maior tempo possível nesses abrigos durante a semana das celebrações.

8. Existe uma taxa eclesiástica na Alemanha

O "Kirchensteuer" é uma taxa eclesiástica aplicada aos paroquianos de algumas comunidades. Por exemplo, igrejas evangélicas, igrejas católicas, comunidades judaicas e a sociedade religiosa unitária de protestantes livres devem pagar esse imposto. Os paroquianos devem pagar entre 8 e 9% do valor cancelado pelo Imposto de Renda. É claro que os contribuintes têm o direito de deixar a igreja e se recusar a pagar o imposto, embora devam realizar um processo especial.

9. No Canadá, o leite é vendido em sacos plásticos transparentes

Isso pode parecer estranho para os residentes de outros países, mas no Canadá o leite é vendido em sacolas plásticas e não em garrafas ou caixas de papelão. Acontece que este pacote é bastante prático se você colocá-lo dentro de um frasco, como os canadenses costumam fazer.

10. Na Indonésia, algumas pessoas usam folhas de bananeira em vez de pratos

Essa mesma tradição pode ser vista em outros países quentes. Mas na Indonésia eles podem usar uma única folha de bananeira como um prato comum para várias pessoas. Esse tipo de tradição é chamado de "botram" e significa "comer juntos".

11. Os habitantes da Grã-Bretanha devem pagar uma licença de TV para cada televisão que tiverem em casa.

A BBC é financiada por taxas de licença pagas pelos cidadãos que possuem televisões e outros dispositivos, onde podem assistir transmissões ao vivo. Esta licença tem um valor de 145,50 euros por ano e os residentes devem pagá-la ou rejeitá-la por escrito, explicando o motivo pelo qual eles não assistem à televisão. Se eles não pagarem essa licença, poderão receber uma multa alta. É ilegal recusar o serviço e assistir a programas de TV. Existe um grupo especial chamado "Application Division" que pode aparecer em sua casa sem aviso e verificar se você não está usando a televisão ilegalmente.

"Licença de televisão"

12. Uma família inteira pode andar de moto no Paquistão

Esta situação não é confortável ou segura, mas bastante popular no Paquistão. Embora as pessoas muitas vezes zombem dessas imagens na Internet, é algo que devemos pensar um pouco. Essas famílias não têm dinheiro para pagar por outro meio de transporte, então fazem coisas perigosas para se mover.

13. Há um metrô que passa por dentro de um edifício na China

Na cidade chinesa de Chongqing, há uma estação de trem que fica dentro de um prédio residencial. Este fato causou várias reações na Internet, de admiração a ultraje. Mas é uma solução que também está sendo aplicada no Japão, devido ao excesso de construções e à necessidade de um meio de transporte público.

14. Os recém-nascidos na Coréia do Sul incluem crianças de até um ano de idade

Os recém-nascidos na Coréia do Sul e outros países incluem bebês com até um ano de idade. Além disso, acredita-se que uma pessoa se torna um ano mais velha, não no seu aniversário, mas no dia do Ano Novo Lunar.

15. O conceito de regras de trânsito no Egito é completamente diferente

Você pode dirigir como quiser no Egito e é muito improvável que você tenha problemas com a justiça. Por esse motivo, existem muitos engarrafamentos e acidentes neste país. Legalmente, as regras de trânsito no Egito são as mesmas do resto do mundo, só que a polícia não presta muita atenção às infrações.

16. Restaurantes de fast food nas Filipinas vendem porções "gigantescas"

Não é que os filipinos comam muito, mas que as pessoas gostem de comer em companhia. Portanto, não é estranho que uma pessoa peça uma porção de batatas fritas no McDonald's para compartilhar com 6 amigos.

Você sabia de todas essas curiosidades? 

Deixe a sua resposta nos COMENTÁRIOS e COMPARTILHE com os seus amigos.

DEJANOS SABEN TU OPINION
TE LO RECOMENDAMOS
TU PUEDE INTERESAR