20 Objetos malucos que eram absolutamente normais no pasado

20 Objetos malucos que eram absolutamente normais no pasado31shares

Fotografias nos permitem viajar no tempo e dar uma olhada nas vidas de nossos antepassados e imaginar como eram suas vidas, o que faziam e o que usavam.

Hoje, a tecnologia preenche todo o nosso tempo e torna as coisas mais fáceis que fica cada vez mais difícil imaginar como essas pessoas resolviam certas coisas naqueles tempos remotos. Bem, aparentemente, o maior entretenimento da época era a invenção, porque existem infinitas coisas que, até podem parecer inúteis, mas que nos tempos passados atendiam necessidades vitais. E embora algumas dessas inovações não tenham sido totalmente funcionais, elas mostram que a mente dos seres humanos nunca pararam de funcionar.

O assunto é tão extenso que elaboramos uma lista para levá-lo através do tempo para conhecer um pouco mais sobre a vida cotidiana de nossos avós, bisavós, tataravós e por aí vai ... 

1. Chapéu com rádio

Em 1949, VIctor T. Hoeflich inventou este maravilhoso artefato, muito moderno para a época, que permitia aos homens parecerem elegantes, proteger suas cabeças do frio e, ao mesmo tempo, desfrutar de seus programas de rádio favoritos.

2. Aula de piano na cama

Nas temporadas de inverno, a gripe e outras doenças mantinham as pessoas na cama por um longo tempo. É por isso que em 1935 os ingleses usaram este piano para não ficarem para trás em suas aulas.

3. Para ter pescoços limpos

O único propósito desta invenção era manter aquela área particular do corpo das crianças brilhando.

4. Para evitar a morte de pedestres

Na Grã-Bretanha dos anos 1930, eles decidiram evitar que os pedestres fossem vítimas de mortes nas estradas. O motorista só tinha que ativar uma alavanca e essa pá seria responsável por levantar o pedestre antes de ser atropelado pelo carro.

5. Bicicleta aquática

Inventada em 1930, foi concebida para flutuar e mover-se na água graças às suas espessas rodas flutuantes. No entanto, a falta de equilíbrio não ajudava em nada no seu funcionamento.

6. Mamadeiras vitorianas

Consistia em uma garrafa de vidro conectada a uma chupeta por meio de um tubo normalmente feito de borracha.

7. Preservativos 

O uso de preservativos foi documentado no Egito Antigo, exceto que, ao contrário dos modernos, eles eram equipados com cordas na base do pênis. E não eram descartáveis.

8. Limpe seus dentes com estilo

No ano de 1620, palitos de dente não eram reutilizáveis, eles também eram uma obra de arte.

9. Já imaginou ter que urinar aqui?

Eles tinham muitas formas e desenhos. Por exemplo, esse inclui um pequeno convidado. Não faço ideia do porquê.

10. Sempre prevenidos!

Ninguém se sentiria seguro se não tivesse um desses kits em sua casa para se defender dos vampiros. Projetado pelo mesmo professor Abraham van Helsing.

11. Flores frescas 

Era muito bem visto que tanto senhoras como cavalheiros complementassem seus vestidos com pequenas flores, e para mantê-las vivas por mais tempo, eram colocadas neste minúsculo vaso em suas roupas.

12. Duplamente repugnante

A pele marta cibelina foi muito utilizada no século XVI. Como se não bastasse matar esse animal para usá-lo como enfeite, também servia para atrair pulgas.

13. O pecado da masturbação

Para evitar que as crianças caíssem em tentação, seus genitais ficavam presos nesse artefato.

14. Coçador de cabeça

Graças aos penteados elaborados e à falta de higiene, pulgas e piolhos tinham um lar nas cabeças de nossos ancestrais.

15. Necessaire para cavalheiros

Embora pareça extremamente desconfortável, este era o método mais prático para fazer uma viagem e estar sempre apresentável.

16. Zibelinos de Marfim

Também conhecidos como "caixa de pulgas", esse era um excelente método para capturar e eliminar esses invasores comuns.

17. Para não molhar o bigode no chá

Os senhores usavam essas xícaras com protetor de bigode.

18. A paixão por botões

Naquela época, nos tempos vitorianos, tudo tinha botões, e não apenas um par. Uma roupa inteira poderia ter mais de 30 botões. Apenas para cavalheiros! Para aproveitar melhor o tempo, esses escudos práticos ajudavam no abotoamento.

19. Você nunca iria ao baile sem a sua caderneta!

Mas não precisamente para poder entrar, mas para lembrar com quem você estava dançando e qual melodia em específico. Mais que uma cartão, eram caderneta muito elaborados.

20. Uma forma particular de higiene

Estes acessórios eram usados no cinto ou como colares, no caso das senhoras. Foram muito populares na Rússia do século XII e serviam para limpar os ouvidos.

Você achou interessante? Deixe seu COMENTÁRIO!

DEJANOS SABEN TU OPINION
TE LO RECOMENDAMOS
TU PUEDE INTERESAR