30 Fotos ilegais da Coréia do Norte que Kim Jong-Un não quer que você veja

30 Fotos ilegais da Coréia do Norte que Kim Jong-Un não quer que você veja4shares

O fotógrafo Eric Lafforgue é um dos poucos sortudos que tiveram a chance de conhecer a Coréia do Norte. "Visitei o país 6 vezes desde 2008. Graças aos cartões de memória digital, consegui salvar fotos que me proibiram de tirar ou que me pediram que apagasse".

Lafforgue não estava interessado nas viagens turísticas cuidadosamente orquestradas que oferecem no país e que apenas mostram sua fachada. Ele queria ver a terra e as pessoas, o que não está totalmente sob o controle do regime, de modo que fez, tirando milhares de fotos nas quais você vê cidadãos e oficiais do exército em sua vida diária.

No entanto, depois de retornar da sua 6ª viagem em 2012, o governo descobriu suas fotos secretas on-line e exigiu que ele apagasse os arquivos. Lafforgue recusou, e foi proibido de atravessar novamente a fronteira norte-coreana.

"A vida é brutal em muitas áreas da Coréia do Norte, muito longe dos padrões ocidentais", disse Lafforgue à Australia's News. "Mesmo com uma vida tão difícil, eles me disseram com lágrimas em seus olhos, que reverenciam seus amados líderes ... mesmo que às vezes não tenham muito o que comer".

#30 Corte elétrico no Museu de Arte

Esta é uma situação que os norte-coreanos têm que lidar diariamente, mas odeiam quando acontece na frente de estrangeiros. Por esta razão, eles sempre se desculpam dizendo que é por causa do embargo americano.

#29 Isso geralmente é visto, mas também é proibido fotografar

A falta de combustível e peças sobressalentes para as unidades de transporte público já contabilizadas disponíveis no país são os principais motivos pelos quais os ônibus precisam de um "empurrão" de tempos em tempos.

#28 Crianças que trabalham em fazendas

O que pode ser visto quando há tempos difíceis, é a regra neste país.

#27 É estritamente proibido tirar fotos das estátuas de Kim por trás

É considerado grosseiro.

#26 Homem que descansa sobre as rochas junto ao mar em Chilbo. Meu guia me pediu para excluir a foto porque a mídia ocidental poderia dizer que ele estava morto

Mas ele estava vivo.

#25 Eles abriram novos restaurantes ao longo do rio Taedong, no novo centro de Pyongyang. A comida custa poucos euros, mas apenas a elite pode pagar. 

#24 Você pode encontrar todos os tipos de alimentos e bebidas nos 2 supermercados de Pyongyang, onde aceitam euros e wons. Eles têm até água da marca evian. Somente a elite pode comprar nesses supermercados.

#23 Não é circo, são trabalhadores de um país com zero medidas de segurança

#22 Somente na Coréia do Norte: estava gravando em uma fábrica com minha equipe de televisão. Nós fomos seguidos por uma câmera local que nos gravou e então o governo enviou outra câmera para gravar tudo.

#21 Uma noite, tivemos que fazer uma rota alternativa com o ônibus e passamos por edifícios antigos. Eles me pediram para não fazer fotos com flash para não assustar as pessoas

#20 Soldado dormindo no campo

#19 É proibido tirar fotos da pobreza. Mesmo se você explicar que isso existe em todo o mundo

#18 Em uma igreja cristã, este oficial estava tirando uma soneca

#17 Visita a uma casa rural. As casas e as famílias são cuidadosamente selecionadas pelo governo, mas às vezes em pequenos detalhes, como ter que usar a banheira como tanque, mostram os momentos difíceis que estão passando

#16 O campo de pioneiros de Wonsan é frequentemente visitado por turistas, para mostrar jovens de todo o país se divertindo. Mas algumas crianças vêm do campo e têm medo de escadas rolantes porque nunca as viram

#15 A fila é o esporte nacional

#14 Pescador usando um pneu como barco em um pequeno lago a caminho de Wonsan

#13 No aquário você pode fotografar os animais, mas não os soldados, que são 99% do público

#12 Proibido tirar fotos de soldados relaxando

#11 Em Kaesong, eles te trancam no complexo do hotel, formado por casas antigas. Eles não deixam você sair, e dizem que fora é o mesmo que no hotel. Não é!

#10 É proibido fotografar a desnutrição

#9 A proibição mais ridícula que tive de enfrentar foi provavelmente essa: este pintor oficial estava fazendo um mural em Chilbo. Eles me gritaram quando eu tirei a foto porque o mural não estava terminado e não consegui fotografá-lo

#8 Cada vez há mais carros, mas os camponeses ainda não se acostumaram a vê-los. As crianças ainda brincam no meio das avenidas principais, como costumavam fazer quando não havia carros

#7 O metrô de Pyongyang é o mais profundo do mundo porque também serve como abrigo anti-bomba. Alguém me viu tirar a foto e me disse que eu deveria apagá-la, porque o túnel era visível

#6 Exemplo raro de uma criança norte-coreana indisciplinada. O ônibus estava a caminho de Samijyon e este menino entrou no meio da estrada

#5 A maneira de se vestir é muito importante na Coréia do Norte. Na cidade, você nunca verá ninguém mal vestido. Este dia os alunos estavam dançando no parque. Quando eu pedi para tirar uma foto, a menina pediu ao homem para endireitar sua camisa

#4 Os norte coreanos frequentemente recolhem grama dos parques para comê-lo. Os guias ficam furiosos se você fotografá-los

#3 Os soldados geralmente ajudam nas fazendas

#2 Os guias gostam de mostrar que as crianças têm computadores em suas casas, mas depois vêem que não há eletricidade e pedem para excluir a foto

#1 Mulher entre soldados. Fotos do exército não são permitidas

Não se esqueça de compartilhar este artigo com todos os seus amigos para que eles também saibam como é a vida na Coréia do Norte!

DEJANOS SABEN TU OPINION
TE LO RECOMENDAMOS
TU PUEDE INTERESAR