40 anos depois, Nadia Comaneci chama a atenção por sua beleza e estilo duradouros

40 anos depois, Nadia Comaneci chama a atenção por sua beleza e estilo duradouros1shares

Há momentos inesquecíveis quando se trata de competições esportivas. Ano após ano, vemos novas promessas surgirem em diferentes modalidades que superam as marcas daqueles que hoje são considerados ícones. No entanto, apesar do sucesso e do talento dos novos atletas, alguns personagens são inesquecíveis. 

Esse é o caso da ginasta Nadia Comaneci. Ela se tornou o primeiro atleta a alcançar uma pontuação perfeita nos Jogos Olímpicos ao longo da história, desafiando as expectativas de todos, inclusive a dos fabricantes das placas de pontuação.

Infelizmente, Nadia deixou a ginástica em 1981, mas segue sendo referência obrigatória da ginástica mundial. Pouco mais de 40 anos se passaram e ela seguiu com sua vida, longe das câmeras, mas nunca de sua paixão esportiva. 

Hoje, nós tomamos a iniciativa de lhe mostrar o quão atraente ela está no auge de seus 56 anos, além de lhe contar alguns outros detalhes interessantes sobre sua carreira. 

A história por trás desta emblemática mulher do esporte 

Foi nos Jogos Olímpicos de Verão, em Montreal, no dia 18 de julho de 1976, que Nadia Comaneci, com apenas 14 anos de idade, em sua estréia olímpica, se tornaria referência na ginástica feminina. 

Ela conseguiu ótimas pontuações nas provas em equipe e impressionou a todos pela sua perfeição nas barras assimétricas. Ela recebeu o inédito "10 perfeito" da competição. A máxima foi a primeira das sete notas perfeitas que conseguiu no Canadá. Com três medalhas de ouro, se tornou a campeã olímpica mais jovem da modalidade.

DEJANOS SABEN TU OPINION
TE LO RECOMENDAMOS
TU PUEDE INTERESAR