7 Produtos que estão na lista negra dos dermatologistas

7 Produtos que estão na lista negra dos dermatologistas0shares

No mercado, há uma miríade de produtos de beleza que prometem fazer maravilhas em nossa pele e geralmente acreditamos naqueles que vêm com o selo "aprovado por dermatologistas". No entanto, são realmente aqueles que os especialistas usam?

A fim de ajudá-lo a escolher seus cremes, loções e outros itens de beleza corretamente, decidimos fazer uma lista de produtos que os dermatologistas nunca usam e que não recomendam a seus pacientes. Temos certeza de que você ficará surpreso ao descobrir que alguns desses produtos estão em sua prateleira do banheiro.

Se você não estava ciente de como esses produtos são prejudiciais, COMPARTILHE com seus amigos. Não se esqueça de nos deixar sua opinião nos COMENTÁRIOS, nós gostaríamos de saber o que você pensa.

1. Óleo de côco.

Atualmente, o óleo de coco é muito popular e você provavelmente tem um desses frascos em sua casa. No entanto, este óleo é muito bom se você pensar em algum uso doméstico, mas não é a melhor opção para cuidados faciais.

O óleo de coco, como qualquer outro óleo, deixa nossa pele ainda mais oleosa.

O que pode levar a bloqueio dos poros e, como resultado, acne e pigmentação. 

2. Loção para mãos e corpo.

Dermatologistas geralmente usam cremes pesados que contêm uma viscosidade maior do que loções. Como os cremes penetram na pele e criam uma barreira que impede a pele de perder a umidade, algo que loções não fazem.

Por outro lado, loções para o corpo tendem a ter um maior teor de água.

É verdade que as loções não têm efeito negativo e geralmente são uma ótima alternativa quando você não gosta de cremes que deixam uma sensação pegajosa e oleosa na pele.

3. Creme de hidrocortisona.

A primeira coisa que você deve saber sobre este creme é que ele é um produto esteróide forte, que deve ser usado por pessoas com doenças graves de pele.

No entanto, algumas pessoas usam contra a acne sem qualquer prescrição médica.

O que é muito ruim, pois pode levar a dermatites, erupções cutâneas, acne ou afinamento da pele, após uso prolongado.

4. Máscaras de carvão mineral.

Apesar da popularidade dessas máscaras, muitos dermatologistas não as recomendam. Os especialistas dizem que essas máscaras não só podem ser dolorosas, como também danificam a pele.

Desde que seus ingredientes são muito agressivos, eliminando as células, óleo e pelos finos da pele.

Dermatologistas recomendam o uso de máscaras menos agressivas que não incluem carvão, como aquelas que podem ser feitas em casa com gelatina sem sabor.

5. Máscara para os pés.

Dermatologistas não recomendam o uso de máscaras hidratantes ou nutritivas para os pés. De fato, eles as consideram inúteis e não muito convincentes. 

Em vez disso, eles recomendam o uso de cremes, que têm um efeito maior.

6. Protetor solar em spray.

Embora o protetor solar em spray seja muito mais fácil de usar, os dermatologistas recomendam o uso de cremes porque eles fornecem uma camada protetora muito mais espessa.

Além disso, quando pulverizado, o spray perde parcialmente seus elementos ativos antes de chegar à nossa pele.

Da mesma forma, os dermatologistas recomendam o uso de protetores que contêm óxido de zinco, uma vez que eles são mais suaves, mais eficazes e refletem os raios ultravioletas em vez de absorvê-los.

7. Óleo bronzeador.

Embora o óleo bronzeador possa deixar sua pele com um tom de verão, os dermatologistas não os recomendam em nenhuma de suas apresentações.

Já que esses filtros solares têm proteção muito baixa contra os raios ultravioletas e tendem a entupir os poros, o que prejudica a pele.

Então você já sabe, evite o máximo possível usar qualquer um desses produtos de beleza.

Isso manterá sua pele saudável e radiante.

Você sabia que esses produtos poderiam prejudicá-lo?

Deixe a sua resposta nos COMENTÁRIOS e COMPARTILHE com os seus amigos.

DEJANOS SABEN TU OPINION
TE LO RECOMENDAMOS
TU PUEDE INTERESAR