Arqueólogos descobrem algo arrepiante nas ruínas maias: um "portal para o submundo"

Arqueólogos descobrem algo arrepiante nas ruínas maias: um "portal para o submundo"2shares

A civilização maia é amplamente conhecida em todo o mundo, tendo se destacado por 18 séculos por seus numerosos avanços sócio-culturais, como a sua escrita hieroglífica, que é um dos poucos sistemas de escrita totalmente desenvolvidos no continente americano pré-colombiano, sua arquitetura , sistema de numeração, compreensão da ecologia e astrologia.

Naturalmente, os restos e a cultura desta grande civilização, que residia no sudeste do México, bem como em partes da Guatemala, Belize, Honduras e El Salvador, foram estudados em diversas ocasiões. No entanto, uma investigação recente descobriu algo que poderia deixá-lo totalmente aterrorizado ...

Continue lendo para saber mais sobre isso!

Se você também ficou chocado com essa descoberta, COMPARTILHE com seus amigos. Não se esqueça de deixar sua opinião nos COMENTÁRIOS, nós gostaríamos de saber o que você pensa sobre isso.

É inegável que a civilização maia foi uma das mais avançadas da era pré-colombiana

Afinal, eles desenvolveram seu próprio sistema de escrita hieroglífica e tinham um sistema de numeração notável, sem mencionar que tinham conhecimento sobre matemática, astronomia e arte.

Apesar dos múltiplos estudos já feitos sobre os restos desta civilização, não sabemos muitas coisas sobre ela

Enquanto esta civilização deixou grandes contribuições para o mundo, a verdade é que ela também realizou coisas arrepiantes que você nunca teria imaginado. 

Segundo o El Universal, em outubro de 2018 foi feita uma descoberta que poderia mudar tudo o que sabemos sobre a cultura maia

A descoberta foi feita por uma equipe de arqueólogos do Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH), enquanto estudavam as fundações da Pirâmide da Lua em Teotihuacán.

Por mais de um ano, esta equipe realizou um estudo de resistividade elétrica

O que lhes permitiu fazer um mapa tridimensional de uma câmara completamente desconhecida pela humanidade.

Dentro daquela sala, os maias realizavam rituais e oferendas para os deuses de Xibalbá: o submundo maia

Ou pelo menos é o que os arqueólogos responsáveis pelo estudo suspeitam. Mas isso não é tudo que eles descobriram!

Segundo Verónica Ortega, diretora do Projeto Integral de Conservação da Plaza de la Luna, aquela sala poderia ser uma porta para o submundo

Você não acha assustador?

Aterrorizante

Lembre-se que esta cultura venerava os deuses de Xibalbá

E se renderam a ele através de terríveis (e sangrentos) sacrifícios humanos.

Já que os maias consideravam que esses tributos eram necessários para manter o curso natural da existência

E, acima de tudo, acalmar a ira dos principais deuses.

Agora, esses arqueólogos acreditam que nesta câmara foram realizados rituais para agradar a vontade dos senhores de Xibalbá

Nós não sabemos se isso acontece com você, mas este fato nos dá um medo terrível

E se eles continuam fazendo esses rituais em segredo?

Segundo Ortega, a câmara tem crânios humanos perfurados em seus aposentos

E acredita-se que são os restos mortais do povo sacrificado como uma oferenda aos deuses.

Eles também encontraram jóias de jade e outros artefatos suspeitos que os maias possivelmente usavam em seus rituais

Até agora, nenhum arqueólogo se atreveu a entrar nesta câmara misteriosa que se conecta com o "inferno maia"

Por isso vamos continuar esperando para saber mais sobre esse achado!

E você, ousaria entrar nesta câmara?

Deixe a sua resposta nos COMENTÁRIOS e COMPARTILHE com os seus amigos.

DEJANOS SABEN TU OPINION
TE LO RECOMENDAMOS
TU PUEDE INTERESAR