Capo da máfia é morto por suas filhas que não suportavam mais os abusos sexuais

Capo da máfia é morto por suas filhas que não suportavam mais os abusos sexuais0shares

Nos últimos anos, a sociedade tentou fazer progressos na luta contra a violência de gênero, os escândalos em que alguns dos maiores nomes da indústria cinematográfica estiveram envolvidos abriram os olhos de muitas pessoas sobre a prevalência de práticas misóginas e depredação sexual em Hollywood e, por extensão, no resto do mundo.

Ainda há milhares de mulheres que são vítimas de abuso sexual por membros próximos da família e que não ousam denunciá-los, pois sabem que o sistema legal não as protege adequadamente e não querem se expor ao estigma social e às dúvidas daqueles que subestimam esse tipo de violência.

No caso que você verá abaixo, três adolescentes não suportavam mais as surras e o abuso sexual de seu próprio pai e acabaram colocando um fim nessa situação.

Continue lendo para saber mais detalhes.

Um capo da máfia russa foi morto por suas filhas em Moscou

O crime causou muito barulho na mídia, especialmente nos meios locais, devido às estranhas circunstâncias que o cercam e porque revelou as circunstâncias perturbadoras em que o assassinado Mikhail Khachaturyan estava relacionado com suas filhas.

As três adolescentes confessaram o assassinato de seu pai que, segundo elas, foi devido ao abuso contínuo

Kristina, 19, Angelina, 18, e Maria, 17, esfaquearam seu pai de 57 anos, depois de terem suportado uma vida de tortura física, psicologia e estupros de quem deveria ser seu protetor.

DEJANOS SABEN TU OPINION
TE LO RECOMENDAMOS
TU PUEDE INTERESAR