Coisas terríveis que eram consideradas normais na antiguidade

Coisas terríveis que eram consideradas normais na antiguidade0shares

É impressionante o quanto o mundo mudou com o tempo, felizmente, se o vemos da nossa perspectiva moderna.

Basta uma olhada na história para tropeçar em centenas de coisas, que entre costumes, leis e crenças, fará você questionar como nós conseguimos sobreviver a essas loucuras desagradáveis.

Da venda de crianças, aos remédios arcaicos para dores de cabeça, é realmente um milagre que hoje a raça humana tenha conseguido avanços científicos e sociais suficientes para chegar aos nossos dias. E, se pensarmos com cuidado, algumas dessas práticas podem até ser ilegais nos dias de hoje!

Se você não acredita, nós o convidamos a dar um salto no tempo e rever estes fatos históricos que são tão reais quanto bizarros - e até repugnantes - que nós compilamos com a única intenção de comprová-los.

Urina como método desinfetante

Os médicos, para evitar que uma ferida aberta se infectasse, costumavam urinar diretamente sobre ela. Mas isso não é tudo. As pessoas da nobreza lavavam e esfoliavam seus rostos com urina, que preferivelmente deveria estar quente.

Contraceptivos aterrorizantes

Normalmente, na Idade Média, os nobres procuravam uma bruxa para adquirir um amuleto contraceptivo eficaz, que elas faziam dos testículos de um doninha, do dente de uma criança e do dedo de um feto.

Testículos de doninha
DEJANOS SABEN TU OPINION
TE LO RECOMENDAMOS
TU PUEDE INTERESAR