Ela tem 81 anos e sua obsessão por espartilhos levou-a a ter uma cintura minúscula

Ela tem 81 anos e sua obsessão por espartilhos levou-a a ter uma cintura minúscula0shares

Hoje em dia, é normal ouvir histórias de pessoas que fizeram o impossível para ter o corpo de seus sonhos recorrendo a intervenções cirúrgicas ou tratamentos dolorosos. Um exemplo claro disso são os famosos Barbie e Ken humanos.

No entanto, há uma mulher que tem chamado a atenção nos últimos anos com uma das características que a maioria das meninas gostaria de ter: a menor cintura do mundo! Ela tem um corpo semelhante ao de uma ampulheta.

Continue lendo para conhecer esta mulher! Se você se surpreender, COMPARTILHE com seus amigos. Não esqueça de deixar sua opinião nos COMENTÁRIOS, gostaríamos de saber o que você pensa sobre isso.

Conheça Cathie Jung

Uma mulher da Carolina do Norte, Estados Unidos, que aos 81 anos tem o título invejável de a mulher com a menor cintura do mundo. Seu corpo é incrível!

E ela nunca recorreu ao bisturi para ter essa cintura

Na realidade, ela usa cintas de treinamento e espartilhos há mais de 40 anos para reduzir o tamanho de sua cintura ao surpreendente número de 38 centímetros.

Jung confessou que começou a usar espartilhos por causa de sua atração por roupas vitorianas

Em sua jornada para se tornar a mulher com a menor cintura do mundo, ela teve o apoio de seu marido, Bob

Quem a encorajou por anos, aprovando sua estranha obsessão por espartilhos. Além disso, seu marido é médico e a ajudou para que isso não prejudicasse seu corpo.

No entanto, com o passar dos anos ela começou a sofrer com problemas de saúde devido à combinação de sua idade e forma do corpo

"É difícil se mover e fazer muitas coisas normais, como dirigir um carro. Não posso ver bem ou reagir bem", confessa Cathie Jung.

"Ou você só pode sentar-se confortavelmente em certas cadeiras", continua a mulher de 81 anos.

"Então, há um problema social. Nem todos entendem o que estamos fazendo e não consideram uma cintura pequena linda".

Atualmente, Cathie tenta levar uma vida normal, apesar de sua condição.

Ela enfrente uma situação difícil e começou a experimentar o possível dano que sua transformação extrema causou em seu corpo.

Veja mais fotos:

1.

2.

3.

4.

5.

6.

7.

8.

9.

10.

Ela é a prova de que "a beleza dói". O que você acha disso?

DEJANOS SABEN TU OPINION
TE LO RECOMENDAMOS
TU PUEDE INTERESAR